Menu

Estudos pretendidos

  • Acompanhamento anual do consumo de agrotóxicos (por princípio ativo) nos 399 municípios do Paraná, por hectare de estabelecimento agropecuário e per capita;
  • Acompanhamento anual das intoxicações por agrotóxicos, incidência de câncer, malformação, aborto, insuficiência renal, entre outras enfermidades (potencialmente ligadas à produção consumo e utilização de agrotóxicos), nos 399 municípios em paralelo ao consumo de agrotóxicos;
  • Contaminações ambientais causadas pela produção e utilização de agrotóxicos;
  • Contaminações por agrotóxicos nos alimentos consumidos pela população;
  • Levantamento das possíveis fontes de contaminação por agrotóxicos tais como: indústrias, depósitos de agrotóxicos proibidos, áreas que sofrem pulverização aérea e outros;
  • Levantamento das bacias hidrográficas próximas a áreas de grande consumo de agrotóxicos;
  • Relação entre a contaminação de água e uso de agrotóxico por município.
  • Relação entre enfermidades e uso de agrotóxicos na cidade de origem dos pacientes atendidos nos serviços de saúde.
  • Correlação entre o uso do glifosato e a presença no leite de vaca, no leite de soja, na água, no leite humano, nos sucos com soja.

UFPR nas Redes Sociais

Universidade Federal do Paraná
Observatório do Uso de Agrotóxicos e Consequência para a Saúde Humana e Ambiental no Paraná
Rua Padre Camargo, 280 - 7º andar
CEP 80.060-240 | Alto da Glória | Curitiba | PR | Brasil


©2018 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR